Dom Quixote – Volume I – 1

Capítulo I.
Que trata da condição e exercício do famoso fidalgo Dom Quixote de La Mancha
 
Em um povoado da Mancha, cujo nome não quero lembrar, não faz muito tempo vivia um fidalgo, desses de lança pendurada na parede, escudo antigo, rocim magro e galgo corredor. Na sua panela mais vaca do que carneiro, salpicão na maior parte das noites, restos aos sábados, lentilhas nas sextas-feiras, algum pombinho adicional aos domingos, com três quartos de sua fazenda já consumida. O resto do que foi uma capa de pano fino, calças de veludo para as festas, com seus pantufos do mesmo, e para os dias de semana se agraciava com sua lã mais fina. Tinha em casa uma ama que passava dos quarenta, uma sobrinha que não chegava aos vinte, e um rapaz para trabalho de campo e cidade, que assim tanto ensilhava o rocim como fazia a poda. A idade de nosso fidalgo já beirava os cincoenta anos; era de compleição rija, seco de carnes, enxuto de rosto, bom madrugador e amante da caça. Dizem que tinha o sobrenome Quijada, ou Quesada, que nisto se encontra alguma diferença entre os autores que escreveram deste caso; embora, por conjeturas verossímeis, se deixe entender que se chamava Quejana. Mas isto pouco importa para nossa estória; basta que na sua narração não se desvie nem um fio da verdade.

Ouça o texto clicando na seta abaixo

(se não apareceu ou para pessoa com deficiência visual aqui)

 

Chapter I.
Which treats of the character and pursuits of the famous gentleman don quixote of la Mancha

In a village of La Mancha, the name of which I have no desire to call to mind, there lived not long since one of those gentlemen that keep a lance in the lance-rack, an old buckler, a lean hack, and a greyhound for coursing. An olla of rather more beef than mutton, a salad on most nights, scraps on Saturdays, lentils on Fridays, and a pigeon or so extra on Sundays, made away with three-quarters of his income. The rest of it went in a doublet of fine cloth and velvet breeches and shoes to match for holidays, while on week-days he made a brave figure in his best homespun. He had in his house a housekeeper past forty, a niece under twenty, and a lad for the field and market-place, who used to saddle the hack as well as handle the bill-hook. The age of this gentleman of ours was bordering on fifty; he was of a hardy habit, spare, gaunt-featured, a very early riser and a great sportsman. They will have it his surname was Quixada or Quesada (for here there is some difference of opinion among the authors who write on the subject), although from reasonable conjectures it seems plain that he was called Quexana. This, however, is of but little importance to our tale; it will be enough not to stray a hair’s breadth from the truth in the telling of it.

Ouça o texto clicando na seta abaixo

(se não apareceu ou para pessoa com deficiência visual aqui)

 

voltar-back<Índice>adiante-next