Dom Quixote – Volume I – 10

— Se eu, por mal dos meus pecados, ou por minha boa sorte, me encontro por aí com algum gigante como normalmente acontece aos cavaleiros andantes, e o derrubo na luta, ou o parto em dois, ou finalmente o venço e rendo; não será bom ter a quem mandá-lo se apresentar, para  que ele entre, e se lance de joelhos aos pés da minha preciosa senhora e lhe diga com voz humilde e rendida? Assim: “Eu, senhora, sou o gigante Caraculiambro, senhor da ilha Malindrânia, a quem venceu em singular batalha o jamais suficientemente louvado cavaleiro D. Quixote de La  Mancha, o qual me mandou que me apresentasse perante Vossa Graça, para que a Vossa Alteza disponha de mim como queira.”

Ouça o texto clicando na seta abaixo

(se não apareceu ou para pessoa com deficiência visual aqui)

“If, for my sins, or by my good fortune, I come across some giant hereabouts, a common occurrence with knights-errant, and overthrow him in one onslaught, or cleave him asunder to the waist, or, in short, vanquish and subdue him, will it not be well to have some one I may send him to as a present, that he may come in and fall on his knees before my sweet lady, and in a humble, submissive voice say, ‘I am the giant Caraculiambro, lord of the island of Malindrania, vanquished in single combat by the never sufficiently extolled knight Don Quixote of La Mancha, who has commanded me to present myself before your Grace, that your Highness dispose of me at your pleasure’?”

Ouça o texto clicando na seta abaixo

(se não apareceu ou para pessoa com deficiência visual aqui)

voltar-back<Índice>adiante-next