Livro “Fábulas de Esopo” “Aesop’s Fables” – Introdução – E – Volume I

always felt that he himself was something too mysterious to be drawn. But the legend he carved under these cruder symbols was everywhere the same; and whether fables began with Aesop or began with Adam, whether they were German and medieval as Reynard the Fox, or as French and Renaissance as La Fontaine, the upshot is everywhere essentially the same: that superiority is always insolent, because it is always accidental; that pride goes before a fall; and that there is such a thing as being too clever by half. You will not find any other legend but this written upon the rocks by any hand of man. There is every type and time of fable: but there is only one moral to the fable; because there is only one moral to everything.

G. K. Chesterton

Ouça o texto clicando na seta abaixo

(se não apareceu ou para pessoa com deficiência visual clique aqui)

 

sempre sentiu que ele mesmo era algo muito misterioso para ser desenhado. Mas a lenda que ele esculpiu sob estes símbolos mais crus foi em todos lugares a mesma; e se fábulas começaram com Esopo ou com Adão, se eles eram alemães e medievais como Reynard a Raposa, ou francês e Renascentista como La Fontaine, em todos os lugares o fim é essencialmente o mesmo: que a superioridade é sempre insolente, porque esta é sempre eventual; que o orgulho vem antes de uma queda; e que não há tal coisa como ser muito inteligente pela metade. Você não achará qualquer outra lenda, exceto esta escrita nas pedras por qualquer mão de homem. Há fábula de todo tipo e tempo: mas há só uma moral para a fábula; porque há só uma moral para tudo.

G. K. Chesterton

Ouça o texto clicando na seta abaixo

(se não apareceu ou para pessoa com deficiência visual clique aqui)

 

gofinho-voltar-amarelo<Índice>